Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
Tiago Moreira Ramalho

Haverá poucas torturas mais perversas que ouvir senhoras a falar de futebol. Uma senhora, ou rapariga, a falar de futebol é uma machadada que me dão no preconceito. O futebol é reles, suado, asneirento, sujo. As senhoras são delicadas, graciosas, cheirosas. Quando, no meio de rapazes, surge uma beldade dizendo «o Sporting é que é!» e começa a entoar cânticos e a dar pulinhos, fico com vontade de me kantizar e passar a viver exclusivamente para a biblioteca.

Haverá várias motivações para esta deriva das fêmeas do meu tempo. Podemos afirmar que a tendência radica numa espécie de indiferenciação dos géneros que domina a geração. É a igualdade a assumir patamares esteticamente desagradáveis. Podemos também afirmar que, pontualmente, tal coisa se deve à tentativa de a fêmea conquistar um macho mais rudimentar. E não nos esqueçamos da eterna motivação pela emancipação, motivação louvável, é certo, mas que leva muita senhorita a fazer palermice grossa.

Independentemente dos motivos, uma coisa é certa: há pouca sensualidade numa senhora que fala em «foras de jogo» e em «penalties»; que insulta o árbitro e levanta o dedo para o treinador; que bebe uma cervejola enquanto abre as pernas e curva as costas de frente para a televisão. Há uma música portuguesa, daquelas boas, que diz que não se pode amar quem não gosta da mesma canção. Enfim, senhoras, se querem o meu amor, nunca usem a expressão «onze inicial» numa conversa comigo.


7 comentários:
De Rui a 9 de Agosto de 2010 às 13:28
"Onze inicial"? A minha mulher gosta de futebol mas se um dia diz que "a equipa está a fazer pressão alta", esmurro-a. Vou preso mas foi para bem dela.


De PR a 9 de Agosto de 2010 às 14:09
Isso e arrotar.


De PR a 9 de Agosto de 2010 às 14:17
Mas a minha irmã diz que está horrível :S


De TMR a 9 de Agosto de 2010 às 14:31
O quê?


De CF a 9 de Agosto de 2010 às 14:41
Sou suspeita, que não ligo nada a futebol. Mas, concordo, e se fosse Homem, concordaria ainda mais. Existem manifestações de puro excesso, numa vã tentativa de igualar, quando somos tão diferentes e ainda bem que assim é. Patetices, diria eu.


De Leonor a 9 de Agosto de 2010 às 15:52
Certo. Mas falar de futebol com, digamos, a Sara Carbonero , não é, de todo, atraente?


De João Távora a 11 de Agosto de 2010 às 00:09
Talvez o deixe ficar mal, mas eu concordo consigo, Tiago.
:-)))


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds