Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011
Bruno Vieira Amaral

Quase todos os comentadores e analistas dão José Sócrates como um dos derrotados destas eleições. Eu não vou dizer que Sócrates foi um dos vencedores, mas foi significativa a forma rápida e indolor com que a derrota foi assimilada. Parecia aquela tristeza fátua que sentimos pela morte de um parente afastado: evidentemente a notícia não dá para desatarmos aos pulos e, por hábito e decoro social, manifestamos uma discreta comoção, um semblante vagamente pesaroso. Este foi o Sócrates de ontem à noite. Despediu-se do tio-avô sem dramas e vamos lá falar do que aí vem, que o povo quer é estabilidade. O discurso de Passos Coelho foi muito inteligente, mas Sócrates, uma vez mais, mostrou que é um verdadeiro animal político e que ainda é muito cedo para lhe fazerem o funeral.


2 comentários:
De Francisco Castelo Branco a 24 de Janeiro de 2011 às 14:55
Socrates não consegue ganhar a não ser nas legislativas.

Perdeu com Soares, Vital Moreira e Alegre

e em nenhuma delas assumiu a derrota. E nas duas primeiras eleições os candidatos foram escolhas pessoais de socrates


De txelfc a 24 de Janeiro de 2011 às 22:42
Boas,

Realmente Sócrates, é o maior, parece uma frase feita, mas não é.

Se repararem, põe sempre o homem ligado à máquina, e o que se comprova é que sobrevive.

Já repararam, que se dá mais ênfase, à suposta derrota do PS (vulgo Sócrates) do que à vitória do Prof. Aníbal Silva...Estranhamente ou não, o que conta aqui, é sem dúvida alguma, os 50,3% dos eleitores, que não estão com nada disto. E o pior é que se anda a legitimar estes Srs. vezes sem conta.

Está em falta a verdadeira revolução, a das mentes. Assim somos e seremos sempre uns grandes mansos, porque esta "malta" põe-nos os "cornos" à descarada, e nós ainda perdemos tempo a ouvi-los e comentá-los.

Reflicta-se no actual estado da nossa política e seus actores, releve-se o que há para relevar, e deixemo-nos de conversas vazias, e não percamos tempo a encontrar perdedores e vencedores.

O sistema está podre, a sociedade contaminada pela indução de temas que nada de positivo nos trazem.

Eu, à semelhança dos não subsidiários, continuo a trabalhar a descontar, a pagar impostos e a contar tostões. O país real é este...sem campanhas e sem eleições, sem vitórias ou derrotas. É viver e deixar a vida correr...

Ao que chegamos...


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds