Segunda-feira, 14 de Março de 2011
Priscila Rêgo

Sócrates continua a agitar o fantasma da crise política para pedir apoio político que garanta a implementação do PEC 4. Faz o papel do terrorista que exige dinheiro para não matar os reféns. Mas é improvável que a estratégia volte a dar frutos. Ao longo dos últimos meses, Sócrates pediu resgates cada vez maiores para um lote de reféns cada vez menor. Depois de Portugal ter batido no fundo, deixou de haver margem de manobra. Os reféns já estão todos mortos.

 


5 comentários:
De Luís Lavoura a 15 de Março de 2011 às 11:10
A Priscila já bateu no fundo?

O lote de reféns ainda é muito grande. Portugal tem um sistema de saúde muito bom e um sistema de educação que também não é mau (compare-se os resultados com os dos estrangeiros). Portugal é, de acordo com as estatísticas, para aí o 25ºa 30º país mais rico (em PIB per capita) do mundo, o que é bastante bom.


De PR a 15 de Março de 2011 às 23:08
Luís, se por "bater no fundo" entende o limiar da sobrevivência material, Portugal não bateu no fundo.

Mas se por "bater no fundo" entende um estado de desgoverno tal que a queda do Executivo não possa piorar nada, então de facto batemos no fundo.


De Luís Lavoura a 16 de Março de 2011 às 09:15
"o limiar da sobrevivência material"

Isso faz lembrar o Passos Coelho ontem a dizer que as novas medidas do governo irão reduzir Portugal a ficar a pão e água. Dei uma gargalhada quando ouvi isso.

"um estado de desgoverno tal que a queda do Executivo não possa piorar nada"

A queda do Executivo certamente piorará muitíssima coisa, disso não tenho dúvidas. Ninguém, nem mesmo o FMI, vai emprestar dinheiro a um país sem Executivo capaz de impôr quaisquer medidas que sejam. O FMI empresta dinheiro em troca de medidas de austeridade (e de reformas estruturais) e, se no país não houver um Executivo capaz de fazer aprovar tais medidas, o FMI não emprestará cheta.


De PR a 16 de Março de 2011 às 16:02
Luís,

"Ninguém, nem mesmo o FMI, vai emprestar dinheiro a um país sem Executivo capaz de impôr quaisquer medidas que sejam"

Neste momento, Portugal é um país com Executivo, mas incapaz de implementar quaisquer medidas que sejam. Quatro PEC confirmam-no.

Portanto, pior não pode ficar. Mas pode ficar muito melhor. E nem é preciso que surja um Executivo espectacular: dizer a verdade já seria um passo considerável em frente.

Infelizmente, esta também uma tarefa em que este Governo se revelou incapaz.



De شات صوتي كامات a 7 de Novembro de 2013 às 11:15
Thank you for this content


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds