Sábado, 23 de Abril de 2011
Tiago Moreira Ramalho

Chegámos ao chão da política. E isto não é medina-carreirismo de mercearia ou coisa que se lhe assemelhe. É simples facto: hoje, não há nada pior que pedir ajuda externa ao FMI. É o pior a que nos podemos resignar e é simplesmente a assunção catastrófica de que somos, em matéria de governação, uma catástrofe. Pior, só a cessação de pagamentos e, com isso, o rótulo de caloteiro no mercado mundial, cenário que dificilmente pode ocorrer porque, precisamente, fazemos parte do FMI, que não permite caloteiros, além de não gostar de preguiçosos.

Posto isto, dado o chão em que estamos, coladinhos, deitados, como que sugados sem nos mexermos, assusta-me que o partido de governo tenha sequer a possibilidade de ganhar de novo. Na Finlândia, nação maldita que não tem a bondade de nos auxiliar, o partido de governo, cuja incompetência dificilmente se podia comparar à deste, passou para quarta força política, atrás do fashion nazis, e nem colocam a hipótese de negociar a presença no governo, dada a incapacidade que revelaram. Aqui, nem falamos em passar para quarta força política, atrás de um CDS ou um BE, mas sim de voltar a ganhar as eleições, pela terceira vez consecutiva.

Dizem-me, para justificar a abjecção, que se trata de jogar pelo seguro. O povo sabe que José Sócrates é medíocre e que o PS já quase não existe, mas ao menos trata-se de uma mediocridade conhecida, cá de casa, com a qual já sabemos lidar e viver em paz e harmonia. Agora a mediocridade de Passos Coelho é nova, desconhecida, obscura, quase estrangeirada. Tememo-la e não lhe queremos dar cruzinhas. Pois, meus caros, o facto basilar é este: por muito medíocre que seja Passos Coelho, do chão da política não passamos. Se falássemos de uma situação intermédia, como nas últimas eleições, o argumento, apesar de idiota, ainda se compreendia. Hoje não estamos em limbo nenhum. Hoje estamos num purgatório económico do qual dificilmente saímos se continuarmos na mesma estrada que nos trouxe cá. E se pior não posso ficar, a decisão é simples: prefiro arriscar.


autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds