Domingo, 5 de Junho de 2011
Tiago Moreira Ramalho

A partir de hoje, dia de palmas, gritos, hinos, sorrisos e abraços, pende uma espada sobre a cabeça de Passos Coelho. Quase metade do país votou nele por um motivo: porque representava o oposto da irresponsabilidade de José Sócrates. Houve, sucintamente, uma única promessa deste PSD: trazer o país de novo para uma zona financeiramente segura. E isso é perfeitamente possível, bastando que cumpramos aquilo com que nos comprometemos. Foi nisto que metade de Portugal votou e é isto que Pedro Passos Coelho tem de assegurar. É a sua única medida de sucesso. É um jogo de tudo ou nada.


9 comentários:
De jonasnuts a 6 de Junho de 2011 às 00:05
Quase metade do país votou nele?

Elah....essa matemática está a deixar uns pós de fora, não?

Quase metade do país, não votou :)


De JS a 6 de Junho de 2011 às 04:25
Acho que não foi bem por isso. Aliás, foi por um misto de razões, como sempre...

E até aposto que, em 6 meses, o PS já está igual ou supera o PSD. Os próximos anos vão ser duros e convém lembrar que o país simpatiza muito mais com a esquerda.

Sobre as finanças, nunca me pareceu que os portugueses estivessem muito preocupados, sinceramente.

@jonasnuts, não que tivesse feito juízo de valor, mas lembrei-me:

40% do país absteve-se (a realidade deve reduzir um bocado, mas ok), mas nunca percebi como se retiram as conclusões políticas desse acto.

Quem podia votar e absteve-se, a maior parte das vezes é porque é crónico... está-se a marimbar para a política.

E eu cá, pergunto: e depois? Não tem esse direito?

Pode até tirar conclusões e estudar o assunto, mas não percebo a importância que se dá a esses 40%.

Não votaram, não contam para os resultados e ainda bem. Os meus 2 centavos. ;)


De Daniel João Santos a 6 de Junho de 2011 às 20:20
Desculpa lá... metade de Portugal?


De Miguel Madeira a 8 de Junho de 2011 às 02:51
"E isso é perfeitamente possível, bastando que cumpramos aquilo com que nos comprometemos."

Não basta - mesmo que consigamos a redução das despesas e aumento das receitas previstas no acordo com a troika, se o crescimento económico nos próximos anos for baixo vamos sair da "intervenção" com um rácio divida/PIB mais alto do que quando entramos.


De PR a 8 de Junho de 2011 às 12:05
"vamos sair da "intervenção" com um rácio divida/PIB mais alto do que quando entramos"

Penso que isso está explícito no acordo. Veja aqui: http://www.imf.org/external/pubs/ft/scr/2011/cr11127.pdf (p.111)


De Miguel Madeira a 8 de Junho de 2011 às 13:14
Não vejo nada a esse respeito na página 111 (era mesmo nessa página?).


De PR a 8 de Junho de 2011 às 13:37
Não! :D

Página 11 (do pdf), ou página 10 (do documento), isso sim.

Dívida Pública em 2010: 93% do PIB
Dívida Pública em 2011: 106,4%
Dívida Pública em 2012: 112,2%
Dívida Pública em 2013: 115,3%
Dívida Pública em 2014: 115%


De Zita a 8 de Junho de 2011 às 19:38
Eles foram ás urnas não apenas para expulsar o Sócrates, mas também com esperança que o defeito fosse apenas do Sócrates e não do poder politico em geral que é exercido sem limites, sem legislação sem fiscalização e em total anarquia. Parabéns 1ºministro, boas entradas e saídas.
Todos aqueles que votaram devem estar felicíssimos, pq é deles a certeza quase absoluta de que vão contribuir para salvar o país...
Impõe-se salvar o país sim... mas dos políticos.

Quem votou e acertou no vencedor pode estar ciente apenas de uma coisa. Ajudou o país a mudar de rostos mas as "leis" anarcas que regem os políticos lá ficaram... vazias, inúteis e nulas.
Vamos assistir a grandes mudanças no país sim senhor. Vamos assistir a mais um momento glorioso de despesismo brutal, em que os ministros e administradores públicos, que eram do Sócrates, vão ser demitidos e indemnizados brutal e desmesuradamente, e colocados nuns tachos menos vistosos.
Por sua vez Passos Coelho procederá á redistribuição dos grandes tachos do país pelos seus amigos e colegas, estes grandiosos tachos tão ambicionados, actualmente por todos os portugueses e creio que até já os estrangeiros. Ou não tivéssemos nós os administradores públicos cotados como dos mais bem pagos na Europa.

Parabéns a todos os que votaram consentindo, mais uma vez, que os políticos vivam numa anarquia que sufoca todos os dias a liberdade dos portugueses.
Consentiram, que nem rebanhos amansados, que os políticos continuem a despejar o país e a esperança dos portugueses.
Consentiram que confiam nos políticos, depois de décadas de provas do contrário.
Consentiram e acreditaram que votar é um direito, só porque os políticos o dizem. Incapazes de perceber que votar é consentir. Incapazes de ver por nós próprios, que eles precisam que as pessoas ocorram ás urnas para criar a ideia errada de que os portugueses ainda confiam e gostam do trabalho dos políticos.
Ninguem devia votar até haver regras para estes desvairados. Isso sim é que seria fazer do voto um direito


De Assembleia Sexy a 9 de Junho de 2011 às 13:54
Minha gente!
E com tanto problema com a política neste país, que tal descontrair um bocadinho e olhar para os nossos políticos de forma diferente? Que tal eleger o mais sexy?
http://assembleiasexy.com

Por favor, tirem-me o Jerónimo de Sousa do top dos homens! :P


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds