Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012
Rui Passos Rocha

Para quem ainda não reparou, também há neoliberais caceteiros. Alguns dos blogues políticos mais famosos da praça alojam alguns espécimes.O sistema político deles é praticamente perfeito: com menos freios a iniciativa privada é mais livre, a competitividade e a mobilidade aumentam. Os impostos convém que sejam baixos, bem baixos. Com liberdade e maior riqueza, só os tolos se importarão com a crescente desigualdade. A não ser que... A não ser que o povo se importe mesmo com a desigualdade e com uma democracia que deixa os cordéis nas mãos de uma minoria dentro de uma minoria. Nesse caso terão duas opções: ou vão paulatinamente cedendo no seu fundamentalismo, o que é pouco provável em caceteiros, ou estarão dispostos a muscular a democracia. Nenhuma sociedade ideal admite invejosos.

 

Tudo menos caceteira é a ideia de maior educação contra a inveja social: o instinto competitivo que nos faz olhar de lado quem é mais bem sucedido pode ser aplacado com instrução. Mas não me parece que isto seja inteiramente correcto: se o objectivo for reduzir a percepção de injustiça na distribuição de rendimentos convém não entregar as nozes todas aos dentes de quem aproveitará para aumentar a injustiça efectiva. A educação contra a inveja será importante, mas se precedida de maior justiça na redistribuição de rendimentos.

 

Convém não generalizar o caso de Portugal, país onde a enorme desigualdade (quando comparada com os restantes países da OCDE) parece estimular sobretudo apatia em relação à política. Noutros lados a apatia inicial já deu lugar a mobilização. Aliás, tendo em conta que os índices de satisfação com o governo são maiores nos países em que o desempenho económico é melhor (quer sejam democráticos quer autocráticos), imagino que, entre esses países, seja nos que têm liberdade de informação que é maior o perigo de explosão da mobilização descontente pós-apatia.

 

Por isso convém perguntar: querem ser o Chile da ditadura do regime militar, os Estados Unidos do sistema político minado e do descontentamento generalizado ou algo menos dado a contestações civis?


4 comentários:
De jpm a 31 de Janeiro de 2012 às 15:16
Há aí alguns trabalhos interessantes sobre os limites da democracia chilena pós-plebiscito. E sobre o sistema eleitoral binominal. Acho que é assim que se chama. É a coisa mais complicada e manhosa que eu já vi por aí.


De RPR a 31 de Janeiro de 2012 às 15:20
É mais ou menos (mais para menos) isto: http://www.politicsresources.net/docs/chile.htm


De منتديات a 15 de Outubro de 2012 às 11:35
thanks



De chat a 14 de Julho de 2014 às 17:26

شات مصريه (http://www.maasrya.com/)
منتدي صور مصريه (http://www.maasrya.com/vb)
منتدي صور (http://www.maasrya.com/vb)
منتديات مصريه (http://www.maasrya.com/vb)


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds