Domingo, 12 de Fevereiro de 2012
Tiago Moreira Ramalho

Há em mim sincera afecção pelo movimento monárquico português. E se é certo que lhes aprecio cada pequena particularidade, refiro-me aqui principalmente à soberba criatividade revelada em cada actividade. Eles trepam edifícios altos para hastear bandeirinhas mortas. Eles passeiam de barco pelo simples prazer de desembarcarem cantando numa praia qualquer. Agora fizeram um manifesto. 

Não há mal aqui. Os manifestos são coisa preciosa e este tem as suas virtudes. Avisa-nos que “vivemos dias difíceis” e adverte-nos da dificuldade de “dar uma esperança real”. Felizmente, informa-nos que “Portugal precisa de um rei”, ideia muito reforçada pela necessária “justiça histórica”, que deve ser severamente aplicada a um regime que foi “imposto ao nosso povo pela lei das armas e precedido de um grave homicídio”.

Tudo isto é evidente. Preocupa os monárquicos que a República tenha sido implementada à custa de sangue. Estranha-se o silêncio sobre a nação que nasceu com um barbudo a bater na mãe. Para quando uma dose de “justiça histórica” aqui? Para quando quiserem, mas sempre com a expectativa esclarecida: mal nos reunamos a Castela, de Marrocos virão cartinhas de desagrado pela desfeita.

São raríssimas as mudanças de regime feitas sem sangue e desconhecidos regimes perfeitos. No entanto, é seguro dizer que invasõezinhas semanais de grupelhos revolucionários não dão saúde. A beleza e a força de um regime não estão na sua forma, mas na sua estabilidade e dignificação. Com ou sem coroas.

 

Publicado no Jornal i.


5 comentários:
De barbudo a bater na mãe? a 12 de Fevereiro de 2012 às 19:57
jesus christo batia na mãe?


De Luís Lavoura a 13 de Fevereiro de 2012 às 09:58
Horrível foi o Primeiro de Dezembro, em que atiraram o Miguel de Vasconcelos de uma janela do palácio abaixo. Bárbaro assassinato, a que se seguiu uma guerra de 28 anos de duração.
E a revolução de 1383 foi vergonhosa, Atiraram o bispo de Lisboa para a rua, onde o corpo foi arrastado por cães. Seguiu-se uma guerra de dois anos, em que morreram muitos infelizes espanhois.
Eu acho que toda a nossa história deveria ser refeita, para castigar esses horríveis assassinatos.


De bárbaro quê? a 13 de Fevereiro de 2012 às 15:17
tem de se atirar um bode expiatório de quando em vez

um mad dog ou um mad off ou um amázio real dan sempre jêto


De é seguro dizer? a 13 de Fevereiro de 2012 às 21:32
os vândalos não trouxeram saúde a rodos

exercício físico numa europa gorda só dá saúde não tira...


De chat a 14 de Julho de 2014 às 17:10

شات مصريه (http://www.maasrya.com/)
منتدي صور مصريه (http://www.maasrya.com/vb)
منتدي صور (http://www.maasrya.com/vb)
منتديات مصريه (http://www.maasrya.com/vb)


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds