Sexta-feira, 14 de Setembro de 2012
Rui Passos Rocha

Estava a pensar escrever algo esta noite para justificar a minha adesão à manifestação de amanhã, mas teria pouco a acrescentar e nada a retirar ao que Luís M. Jorge escreveu. É essencialmente por isto que lá estarei.


23 comentários:
De Luís Lavoura a 14 de Setembro de 2012 às 17:04
Das 10 razões que Luís M. Jorge elenca, as razões 6 a 9 são válidas para qualquer manifestação em geral e não apenas para esta.
Em rigor, a única razão que me parece transparente é a 5.


De RPR a 14 de Setembro de 2012 às 17:09
E é a TSU que está em causa. O resto vem no plano da troika, tanto quanto sei. A TSU simboliza uma opção não condicionada do exterior, sem apoio abrangente na sociedade, aparentemente sem efeitos positivos significativos na economia, e tanto quanto se sabe tende a diminuir a progressividade fiscal e a acentuar as desigualdades económicas.


De Luís Lavoura a 14 de Setembro de 2012 às 17:35
Pois a mim a manobra da TSU parece-me inteligente e compreensível.
Vejamos: o Tribunal Constitucional mandou que os trabalhadores do privado deveriam sofrer mais ou menos o mesmo que os do público. Uma vez que aquilo que os do público estão a sofrer é manifestamente insuficiente para endireitar as contas do Estado, a consequência lógica é que seria necessário encontrar um mecanismo para, mantendo o sofrimento para os trabalhadores do público, aumentar o sofrimento dos privados.
Ou seja, haveria que encontrar um mecanismo que, mantendo o roubo dos salários aos trabalhadores do público, passasse a roubar também algum salário aos trabalhadores do privado.
Esse mecanismo poderia ser um aumento de impostos. A mexida na TSU tem, porém, a virtude de não ser um imposto e, por isso, poder ser configurada para ser perpétua. Tem também a virtude de reduzir os custos das empresas, facilitando a exportação.
Ou seja, o goerno mata quatro coelhos com uma cajadada:
1) Transforma o roubo de um salário à função pública numa medida perpétua, ou seja, numa medida que não valerá apenas para 2012 e 2013 mas para todo o sempre.
2) Satisfaz o Tribunal Constitucional, na medida em que põe os privados a sofrer quase tanto com os públicos.
3) Reforça a capacidade competitiva das empresas.
4) Aumenta a capacidade de a Segurança Social fazer face às tormentas demográficas que se avizinham.


De RPR a 14 de Setembro de 2012 às 17:57
1) Isso parte do princípio que uma desvalorização dos salários é a medida ideal, quando até os empresários não estão de acordo. Muitos prefeririam um aumento do horário de trabalho a uma redução dos salários líquidos. Sobretudo quando em termos brutos o factor trabalho ficou mais caro (Luís Aguiar-Conraria explica melhor do que eu)
2) Eu não tenho tanta certeza, mas é provável.
3) "Das" empresas? Há o pormenor da contracção do consumo, que poderá não só não melhorar como até piorar a situação do grosso das empresas portuguesas (que são PMEs)
4) Apenas 500 milhões de euros irão para a Segurança Social, não o total da diferença (5,75 pp dos 7 pp serão canalizados para as empresas)


De J. Saro a 15 de Setembro de 2012 às 01:00
3 e 4) Acho que o que o Luís Lavoura quer dizer é em relação ao exterior (exportações)... e, nessa parte da medida, confesso que ainda não percebi a crítica.

Isto porque boa parte das sugestões (do ponto de vista económico) que sempre vi desde a crise (não do FMI, mas de 2008 para cá, pelo menos) é a desvalorização da economia portuguesa. Esta é uma das pioras das formas, ok? Vamos falar das alternativas. Incluindo outros que não a de desvalorização.

Sobre a manifestação, tenho muitas razões para o fazer, certamente. Imensas dúvidas e questões, manifestações do "contra" sobre a forma de actuação. Sobre as políticas em concreto para a solução da crise, não tenho quase nenhuma certeza... incluindo se esta linha é má de todo. No entanto, confesso que tenho alguma dificuldade em alinhar em manifestações do "contra" demasiado generalistas sem ter uma grande ideia comum (não acho que esta tenha, muito sinceramente).

Pode ser um erro (por inacção ou não perceber a importância da coisa) ou não, mas estou também a exercer o meu direito a errar... pelo menos, valha-nos a virtude dos direitos que todos podemos exercer.



De RPR a 15 de Setembro de 2012 às 16:08
A ideia de que este corte da TSU para as empresas estimulará as exportações tem sido rebatido por economistas, que dizem que talvez isso venha a acontecer com as empresas mais sólidas, que já exportam. Essas são uma parte ínfima do todo. E mesmo assim nem é certo que venham a fazê-lo.

Quanto à manifestação ela é anti-troika, mas eu, que não sou contra a intervenção externa (que alternativas temos?), vou estar presente (não diria vou manifestar-me, porque não vou propriamente estar a gritar palavras de ordem, vou simplesmente acompanhar parte da manifestação) porque sou contra a medida da TSU e o que ela simboliza ideologicamente. Como eu pensará grande parte dos manifestantes, acho. Não creio que haverá aproveitamento político da presença de moderados numa manif anti-troika porque as mensagens que serão veiculadas pelos media darão conta dessa heterogeneidade. Não estou à espera de uma manifestação especificamente anti-TSU para dar a cara contra a medida.


De manuel.m a 15 de Setembro de 2012 às 23:18
Agora mesmo a Sky News mostra a manifestação em Madrid contra as medidas de austeridade e as mesmas imagens correm igualmente na BBC .Um detalhe inquietante chama-me a atenção : A quantidade de bandeiras republicanas que desfilam ,o que parece dar razão a amigos espanhois que me garantem estar a monarquia completamente desacreditada .Na vespera um milhão e meio de catalães veio para as ruas de Barcelona exigindo a independencia , e tudo isto parece mostrar que muito mais do que uma crise financeira se assiste em Espanha a uma crise de regime e a uma crise da unidade nacional .
Entretanto os ilustres colegas comentadores deste blog discutem os méritos ou deméritos da descida da TSU . Como eu compreendo o confortavel que é voltar aos manuais ,esse território ameno de reconfortantes certezas feito ,tão diferente da realidade hostil que nos rodeia .
Mas ela aí está e talvez valha a pena uma troca de opiniões sobre o seguinte :
O plano de Draghi prevê a compra ilimitada pelo BCE de obrigações emitidas pelos países que pretendam a sua ajuda e que aceitem submeterem-se a “estritas e efectivas” medidas de consolidação orçamental .O anuncio da criação desta “bazooka” financeira foi suficiente para ,como se sabe ,fazer baixar os juros da divida ,mas a dúvida persiste sobre o que acontecerá realmente se algum país formalizar esse pedido de ajuda . Deixemos por ora o caso de Portugal e da Grécia e voltemos a olhar para a Espanha e o que poderá dar-se se Rajoy acabar por aceitar essas condições , se possivel ainda mais gravosas , para poder aceder aos fundos do ESM (European Stability Mechanism) e se , começando o BCE a comprar divida espanhola em grandes quantidades , o plano aceite pelo governo de Madrid se mostrar impossivel de cumprir num país à beira da revolta social e onde o desemprego jovem já vai nos 50% .
Ora o capital do ESM ,€ 700 biliões ,é subscrito conjuntamente pelos 17 membros da Eurozona porporcionalmente ao seu peso economico ,(com exepção de Portugal e da Grécia) ,sendo estes também solidários nas perdas sofridas .Na passada semana a OCDE anunciou que a economia italiana se irá contrair 2.4% em 2012 o que somado ao facto de a Espanha estar à beira da depressão e a Itália nesse caminho , põe a questão de se saber se ,correndo as coisas verdadeiramente mal ,serão os “bolsos” alemães suficientemente fundos para arcar com tamanhos prejuizos .
Mas sendo essas contas de outro rosário ,elas são as verdadeiramente importantes para a sobrevivencia do Euro .





De شات كام a 4 de Julho de 2013 às 02:05
nice :)


De شات صوتي a 5 de Novembro de 2013 às 04:57
Good morning dear, thank you for the wonderful article


De شات كامات a 7 de Novembro de 2013 às 11:20
Thank you for this content


De مدونة عرب ذوق a 10 de Novembro de 2013 às 10:40
Thank you for Featured Content and I really respect Malk all the greetings you :)


De سعودي نايس a 10 de Julho de 2014 às 06:01
Thanks for the piece content: $


De chat a 14 de Julho de 2014 às 15:04

شات مصريه (http://www.maasrya.com/)
منتدي صور مصريه (http://www.maasrya.com/vb)
منتدي صور (http://www.maasrya.com/vb)
منتديات مصريه (http://www.maasrya.com/vb)


De سعودي دلع a 4 de Agosto de 2014 às 02:47
Thank you for this content


De مهرجانات a 6 de Agosto de 2014 às 16:58
Multi more remarkable creativity continued


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds