Sábado, 1 de Maio de 2010
Tiago Moreira Ramalho

A Palmira Silva confunde, a propósito disto da pirataria, duas coisas muito distintas: o download ilegal de produtos como filmes e músicas com a utilização da Rede para auto-promoção. O que fez Ana Free, e outros, aparecer não foi o download ilegal, mas sim a inteligência na utilização dos meios que tinham à disposição. No entanto, do facto de a Ana Free ter disponibilizado os seus vídeos gratuitamente na Internet para que pudesse aparecer, não se retira que todos os outros tenham de ser forçados a fazê-lo. As simple as that.


3 comentários:
De João pedro a 1 de Maio de 2010 às 11:59
Para si, gravar em VHS um filme que tenha dado na TV (desculpe-me o obsoleto do exemplo) para ver em casa é um roubo? A esmagadora maioria dos actos ditos de pirataria internautica são equivalentes a este exemplo.


De Tiago Moreira Ramalho a 1 de Maio de 2010 às 12:01
Diga-me o João Pedro: qual é a diferença entre fazer isso e ir a um clube de vídeo roubar o filme?


De João Pedro a 1 de Maio de 2010 às 16:31
Esse não é uma boa analogia porque uma cópia não é um roubo, i.e., não existe qualquer recurso físico que mude de mãos. Se eu roubasse um suporte de filme, estaria a prejudicar o proprietário que ficaria com menos um produto para vender. Por exemplo, ao alugar o filme num clube de vídeo e ao copiá-lo para uso meramente doméstico (ou gravar uma música do rádio) não é imediato deduzir que alguém sai prejudicado, (quem, neste último exemplo, ficou prejudicado?). Em alguns casos quem copia poderia comprar e não o faz por ter a cópia, mas também há casos dos que compram o produto precisamente por tê-lo conhecido numa versão de pior qualidade através de um destes sistemas de cópia (VHS, cassetes, computadores, fotocópias...).

Estes argumentos da internet são semelhantes às da inserção das videocassestes ou da questão das fotocópias. Não foi isso, nem vai ser a net, que terminarão com a produção cultural. Que a irão modificá-la é evidente (especialmente a questão da distribuição que interessa mais às respectivas industrias do que aos autores), como o fazem a maioria das inovações tecnológicas.

Cumprimentos,


Comentar post

autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds