Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Livre-arbítrio [2]

Rui Passos Rocha, 31.07.10

A própria ideia de uma personalidade é anti-cristã: o cristianismo refere expressamente que todo o homem tem uma alma indivisível, em contacto com o Supremo, a qual deverá por aprendizagem terrena apropriar-se da moral divina e sustentar as atitudes humanas. O Homem moderno, porém, estimula a sua personalidade, mesmo crendo na existência de uma ou, como escreve Tabucchi no Sostiene Pereira, de mais de uma alma dentro do corpo - sendo que, nesse caso, haveria uma alma hegemónica hoje e outra, possivelmente, amanhã. Uma ideia - esta das múltiplas almas - que não é mais do que a de personalidade, um conceito que esvazia o poder moral da religião.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.