Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Descubra as diferenças

Rui Passos Rocha, 12.08.10

«Os alemães capturaram cerca de 5,5 milhões de soldados soviéticos durante a guerra, três quartos dos quais nos primeiros sete meses a seguir ao ataque à URSS, em Junho de 1941. Destes, 3,3 milhões morreram de fome, frio e maus tratos nos campos alemães. Morreram mais russos nos campos de prisioneiros de guerra alemães nos anos de 1941-1945 do que em toda a Primeira Guerra Mundial. Dos 750 000 soldados soviéticos capturados quando os alemães tomaram Kiev, em Setembro de 1941, apenas 22 000 sobreviveram para ver a Alemanha derrotada. Por sua vez, os soviéticos fizeram 3,5 milhões de prisioneiros de guerra (na sua maioria alemães, austríacos, romenos e húngaros). A maioria deles regressou a casa depois da guerra.»

 

Tony Judt, no Pós-Guerra.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    João André 19.08.2010

    As purgas soviéticas foram de facto selvagens e muita gente morreu nelas, mas o número de mortos foi consideravelmente baixo quando comparado com outras consequências da liderança de Estaline. A maior parte dos "mortos de Estaline", se pudermos usar esta expressão, terá sido vítima da fome resultante dos planos de expropriação de terras e produção agrícola (e do frio também) e dos gulag. Já falar em 50 milhões (ou 60, como alguns autores fazem) é distorcer excessivamente os números.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.