Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Que vão, que vão

Tiago Moreira Ramalho, 26.09.10

O governo que se chora pelos cantos do rectângulo luso, apelando ao entendimento, diálogo e ao popularucho «deixem-nos trabalhar», tudo pela estabilidade e assim, é o mesmo governo que, semana sim semana não, promete mandar a aliança pelo esgoto e bater com a porta. Como é que é possível que um país inteiro, numa situação como a actual, tolere que o governo eleito ameace demitir-se repetida e despudoradamente? E os mercados, já não interessam? E as agências de rating, os FMI e restantes Adamastores dos tempos modernos, não querem saber? A coisa é muito simples: se querem ir, pois que vão, agora não empatem, que já não há paciência.