Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Ana come

Rui Passos Rocha, 07.10.10

Seriamente - como, aliás, sempre no que escrevo -, um gajo passa os olhos pel'A Corrupção e os Portugueses (Luís de Sousa e João Triães) e vê-se na cabeça de Saint-Simon: afinal é possível uma sociedade em que todos são visceralmente contra a corrupção. As excepções são poucas. O despassarado que não tenha reparado no título do livro pensará que está a ler A Corrupção e os Neozelandeses. Pelo menos temporariamente; à medida que vai folheando vai percebendo outro panorama: uns 30% já dizem que seriam meninos para votar num político que, apesar de condenado por corrupção (vá, acontece a qualquer um, não sejamos mauzinhos), condenado, dizia eu, condenado portanto, tenha «feito». Justamente, Berlusconi define o seu Governo como «il governo del fare». Atitudes políticas, certo; mas as atitudes sociais não serão muito distintas. Daí, imagino, que os dirigentes da ANACOM se permitam reagir a isto «dizendo apenas que actua na legalidade e que faz compras transparentes de acordo com o código das compras públicas». Vê-se que regulam.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.