Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Something you can’t rely on

Tiago Moreira Ramalho, 14.11.10

Sabemos que o mundo da crítica, seja ela literária, gastronómica, cinematográfica ou o que mais o leitor se lembrar, é um mundo complexo. A crítica não é senhora para critérios universais e cabe ao crítico escolher os melhores a cada momento. Ainda assim, julgamos um pouco confuso que haja disparidades tão brutais de crítico para crítico como as de que vamos dar conta em seguida. Acontece que somos gente que gosta de ler o suplemento Actual do Expresso. Gostamos especialmente de ler a crítica cinematográfica, pois vamos pouco ao cinema e gostamos de acertar quando vamos. Ora, sucede que na semana passada, os críticos do Actual davam-nos conta que «A Rede Social», o novo filme sobre o Facebook e o seu fundador, era um dos grandes filmes da década, em linha com o João Lopes, que afirmou, mais coisa menos coisa, o mesmo. Diziam-nos também que «O Verão da Boyita» se situava na mediania das duas estrelas, sendo, seguramente, «simpático, mas distante do melhor cinema argentino recente». Pois qual não é o meu espanto quando abro o Actual desta semana e, Jesus, há toda uma reviravolta (provavelmente foram ver os filmes) e «A Rede Social» passa a ser banal, coisa corriqueira, cheia de falhas e apenas com um leve fundo de brilhantismo, coisa para duas estrelas (notável despromoção, relativamente às quatro da semana anterior), ao passo que «O Verão de Boyita» passa a estar, «pelo menos», avisam-nos, «dois palmos acima da mediania» (juro que se isto é um elogio, eu prefiro ser brutalmente insultado). A questão essencial é: em que irei eu gastar o meu tempo, agora que ganhei mais algum?

2 comentários

Comentar post