Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

O discurso

Tiago Moreira Ramalho, 04.04.10

Gosto da forma como Pedro Passos Coelho se apresenta publicamente a defender mais cortes na despesa pública, sem temer as autênticas frentes populares que são os sindicatos da Função Pública. Não é habitual por cá - é mais habitual vender-se o paraíso terreno - e faz, de algum modo, lembrar Cameron e o seu discurso de responsabilidade. É importante não esquecer, no entanto, que Cameron, inglês, fala para os seus concidadãos, ingleses, enquanto Passos fala para um país embriagado pelas maravilhosas ilusões de uma espécie de socialismo, comummente chamado social-democracia. Esperemos, apesar de tudo, que não corra mal. Se não ficar o homem, que fique o discurso na cabeça das gentes.