Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Sometimes I hate him, sometimes I love him

Tiago Moreira Ramalho, 19.12.10

«Por razões de saúde, Carlos Encarnação resolveu bater com a porta. ‘Estou farto deste governo’, disse o autarca de Coimbra, embora sem revelar se tenciona mover uma acção contra o eng. Sócrates por danos psicológicos irreparáveis.

Se não tenciona, devia: qualquer português que tenha vivido em Portugal nos últimos cinco anos é um sério candidato a stress pós-traumático. Ou, mais precisamente, a stress pós-socrático, uma estranha maleita que impede o cidadão comum de distinguir a fantasia da realidade. A única coisa que se lamenta na demissão do autarca de Coimbra é os portugueses não poderem ir com ele para o exílio.

Infelizmente, continuaremos a sofrer em silêncio, incapazes de bater com a porta e obrigados a suportar as 50, ou as 100, ou as 1000 medidas para salvar Portugal. Uma tortura de propaganda que irá durar até ao dia em que as tropas do FMI aterrarem na Portela, prontas para resgatar um povo do seu cativeiro. Só espero que, quando esse dia chegar, o dr. Encarnação regresse à pátria e traga com ele os enfermeiros.»

 

João Pereira Coutinho, no CM