Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Perspectiva do Aprendiz

Tiago Moreira Ramalho, 05.09.11

O tempo que vivemos, independentemente de tudo o que nele se pode lamentar, é um tempo de profundo estímulo intelectual para quem se dedica ao estudo da Economia. Poucas foram as gerações cuja formação na ciência decorreu num período de contenda permanente entre diferentes escolas, em que se torna óbvio que todas têm razão, ao mesmo tempo que nenhuma está realmente certa, abrindo-se caminho à independência e imparcialidade no momento de lhes avaliar as virtudes. O impacto do «experimentalismo» forçado, que nunca é o princípio de investigação da ciência económica, só será reconhecido provavelmente dentro de uma década. Conseguia apostar que dentro de uma década, se tivermos meia-dúzia de pessoas quem, ao invés de se dedicarem a disparar em todas as direcções, se dediquem a recuar, analisando com a minúcia de um filósofo grego todos os pequenos acontecimentos, reacções e desenvolvimentos, todas as escolas de pensamento económico que hoje conhecemos se tornarão obsoletas e algo completamente novo nascerá. Precisamente como aconteceu há noventa anos atrás.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.