Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Reading on the loo

Tiago Moreira Ramalho, 07.11.11

O Henry Miller, esse garanhão auto-ficcionado, lia na sanita. Mais do que isso: escreveu mesmo que as suas melhores leituras foram feitas durante os seus «toilet recesses». Apreciar certas partes de Ulisses só é possível se o rabo estiver assente em meio ovo de loiça. Rabelais, só numa retrete num campo de milho, com luz a entrar pela porta, sem autoclismo ou papel higiénico cor-de-rosa. E uma boa leitura, acrescentava, requeria sempre boa companhia – que se faça o leitor enrascado acompanhar por um amigo durante uma meia-hora na retrete e toda aquela meia hora lhe ficará para sempre na memória – a companhia, a leitura e o cheiro.

O livro do Henrique Raposo chegou hoje e à conta disso passei mais de meia hora na casinha. Quando acabar, conto tudo.

 

P.S.: Recebi um mail a dizer-me que este post era uma maldade. Ou melhor, que ler o Henrique na «pia» era uma maldade. Parece-me de certo modo óbvio que isto se trata de uma fundamental graça à conta do artigo do Guardian que partilha o título com este post. Quanto ao resto, escusado será dizer que, não sendo eu um «crítico», e sendo a vida curta, ler este livro já implica um certo bias relativamente ao autor. Posto por outras palavras, eu cá gosto do gajo. Só para esclarecer.

7 comentários

Comentar post