Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Possibilidades

Tiago Moreira Ramalho, 08.11.11

 

O texto é excessivamente grande. As ideias repetem-se em demasia. Algumas incursões por outros âmbitos são fracas. Mas há um elemento que pode ser muito interessante: a ideia de que o relative-welfare é mais relevante que o welfare per se. Mais: assumir que enriquecer, só por si, pode constituir um dano indirecto em quem não enriquece. Aceitar isso, é aceitar uma reformulação de quase todos os pressupostos em que a nossa vida comum assenta. Possibilidade que não se afasta à partida.

3 comentários

Comentar post