Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

ONU diz que a Igreja Católica está em risco

Rui Passos Rocha, 11.11.11

[Primeiro leia-se isto]

 

A Organização das Nações Unidas (ONU) diz que "a acção católica não pode ser aprisionada pelos vagos discursos de Bento XVI de condenação dos sucessivos casos de alegada pedofilia que poderão mesmo fazer desaparecer a própria Igreja".

 

Numa mensagem dirigida a todos os cidadãos dos países membros da organização, no final da Assembleia-Geral, Ban Ki-Moon disse que "a virtude católica provém da compaixão e da honestidade que, sendo fundamentais para o bom carácter humano, mantêm prioridade absoluta".

 

O secretário-geral referiu os factores que estão por detrás da crise de valores da Igreja Católica: "Excesso de moral quando dirigida aos restantes detentores de poder mundiais somam-se à incapacidade de auto-crítica e de proclamar em público o repúdio a todo e qualquer caso de pedofilia no seio da instituição. Não só não tem havido consequências em muitos casos, como a Igreja paga milhares de milhões de dólares para se defender judicialmente de acusações de pedofilia. Esse dinheiro poderia ser canalizado para uma exigência que a Igreja coloca aos governantes: a erradicação da fome".

 

Na curta mensagem de uma página, a ONU aponta depois o que diz ser "mais próprio" das Nações Unidas. O texto cita a "solidariedade activa" exercida permanentemente pelos seus países membros em matéria de segurança, desenvolvimento económico e direitos humanos.

 

"Tenho um grande desejo", disse Ban Ki-Moon: "Que esta crise de valores sirva para que a Igreja desperte verdadeiramente e sem hipocrisias para aquilo de que tanto fala: a dignidade dos seres humanos, o bem comum e a solidariedade".

8 comentários

Comentar post