Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Barriguinhas for rent

Tiago Moreira Ramalho, 13.01.12

«O partido que em 2007, na descriminalização do aborto até às 10 semanas, afirmou confiar às mulheres e só a elas a decisão de terminar ou não uma gravidez demonstra assim não as considerar capazes para tomarem a decisão de iniciar e se responsabilizarem por uma.» (Fernanda Câncio, no Jugular)

 

Independentemente da posição que cada um possa assumir sobre o aborto (ou interrupção voluntária da gravidez) e o aluguer de barrigas (ou empréstimo de útero para fins procriativos), a verdade é que este argumento, que nasce e morre no Direito Positivo e que em nada tem de justificação ética, é fortíssimo. O que não deixa de ser interessante. Dada a actual legislação, não permitir o aluguer de barrigas (ou a forma gira de o dizer) é simples esquizofrenia, mera incoerência lógica. Mesmo para alguém que, como eu, é contra a legalização do aborto.

5 comentários

Comentar post