Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Perdoai os nossos pecados

Rui Passos Rocha, 02.05.10

Tiago, a culpa não pode ser de todos nós. “Todos” significa “ninguém”; para além de que só quem está recenseado deve sentir-se vinculado às decisões políticas posteriores a esse recenseamento. Ou então até isso é demasiado amplo, já que há muitos abstencionistas crónicos e eleitores de partidos anti-sistémicos que pouco ou nada têm que ver com o que os governantes fazem. Tenho dúvidas de que essas pessoas devam sentir-se culpadas por este estado de coisas; aliás, provavelmente até será legítimo que se sintam particularmente lesadas, por terem contribuído via impostos (não os impostos que lhes garantem serviços públicos, mas os que são usados para políticas públicas que certamente criticam) para algo que rejeitam absolutamente. [Mais aqui.]

1 comentário

Comentar post