Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Ridicularia

Tiago Moreira Ramalho, 04.05.10

Enquanto a Grécia nada da idiotice generalizada – causada pelos grandes progressistas que por lá, como cá, também há – e puxa quem não tem nada com o assunto para a sua água suja, Portugal continua colado a cuspe, sem grandes certezas no que respeita ao futuro próximo. Ainda assim, sem grandes pudores, fazemo-nos de solidários e, para ajudar a Grécia – julgando, tolos, que nos estamos a ajudar a nós – vamo-nos endividar em dois mil milhões de euros para lhes emprestar. O problema é que a regra dos 5% de juro foi feita para a saudável Alemanha e para os não tão doentes restantes países da União Europeia, onde o pudor dos governantes ainda permite algum controlo das finanças públicas. Não foi, portanto, feita para nós. É que enquanto a Alemanha se financia à ronda dos 3%, Portugal não se financia a menos de 5%, pelo que, ora que se chamem os professores catedráticos da matemática, vamos ter prejuízo com este empréstimo. Como se fosse o caso de podermos andar a esbanjar dinheiro. Sem noção do ridículo, vamos acabar afogados nas dívidas. E espero bem que nessa altura ninguém na Europa se digne a dar-nos um tostão de euro, que já é tempo de os países começarem a arcar com as consequências das suas escolhas.

6 comentários

Comentar post