Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Até que a bolha rebente

Tiago Moreira Ramalho, 28.05.10

A esquerda parlamentar decidiu chumbar a proposta de adiamento dos grandes projectos. Apenas vislumbro duas razões para a via: a simples estupidez ou a baixa prostituição intelectual. Em alguns casos, concedo, pois sou fundamentalmente flexível, podemo-nos deparar com ambos. Só isto pode justificar que, num país à beira da cessação de pagamentos, num país dependente da benevolência estrangeira, num país que se financia a taxas de juro nunca antes vistas se avance com um pacote de obras públicas que apenas poderiam ser explicadas se fôssemos personagens de um qualquer romance surrealista ou absurdo.

Pedro Passos Coelho, hoje, deveria bater com a porta. Até que a bolha rebente. O PSD, que cada vez mais mostra ter tido razão em Setembro, cedeu na questão dos impostos e comprometeu-se com uma solução política que, na realidade, não lhe trazia nenhum benefício; muito pelo contrário. Em troca, a esquerda, PS incluído, oferece isto. Quem se comporta assim, não merece nada. O PS e a restante esquerda pretendem dar cobertura à teimosia danosa de um homem. Pois que dêem, mas que seja claro para a população quem está de que lado.