Domingo, 30 de Maio de 2010
Rui Passos Rocha

O marxismo é um reino de pessimismo: a sociedade deve ser reequacionada de modo a que a inveja (pedindo de empréstimo uma das características da ética de Schopenhauer) seja abolida em favor da piedade (a outra). Esse processo, dizem-nos os teóricos, será longo e gradual - e acabará por destruir as bases da economia burguesa. Mas assim que a revolução marxista falha, a sociedade burguesa regressa e a inveja ressuscita mais depressa do que havia sido esquartejada. O marxismo é, então, anti-natural e dele resulta um pessimismo antropológico. Até Lenine, o mais inquebrantável dos optimistas, morreu descrente - se bem que não em relação às suas brilhantes ideias, mas à maleabilidade da mente dos russos.


autores

Bruno Vieira Amaral

Priscila Rêgo

Rui Passos Rocha

Tiago Moreira Ramalho

Vasco M. Barreto

comentários recentes
Great post, Your article shows tells me you must h...
You’ve made some really good points there.I looked...
دردشة سعودي ون (http://www.saudione.org/) سعودي و...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
http://www.chat-palestine.com/ title="شات فلس...
شات فلسطين (http://www.chat-palestine.com/) دردشة ...
كلمات اغنية مين اثر عليك (http://firstlyrics.blogs...
o que me apetecia ter escrito. mas nao o faria mel...
good luck my bro you have Agraet website
resto 5resto ya 5waga
posts mais comentados
125 comentários
114 comentários
53 comentários
arquivo

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

links
subscrever feeds