Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

The other way around (2)

Tiago Moreira Ramalho, 16.06.10

Claro que o défice comercial, por si só, não significa nada. Um défice comercial não é sinal de uma economia fraca. Esse vício de raciocínio, muito comum, é simples absurdo. Desde que as famílias e as empresas possam suportar as suas dívidas, como é o caso, um défice comercial até pode ser um sinal positivo. O que é preocupante, principalmente no nosso caso, é o défice orçamental. Um défice público agrava a distorção causada pela baixa das taxas de juro e pelo aumento das transferências. Uma economia como a nossa deveria ter défices orçamentais reduzidíssimos, senão mesmo excedentes. Claro que excedentes orçamentais não dão votos. Principalmente num país em que o Estado acha que tem o direito de fazer vida de rico.