Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

Virgem ofendida me confesso

Tiago Moreira Ramalho, 03.07.10

O artigo de Nicolau Santos publicado no suplemento de Economia do Expresso é assustador, digamos assim, para não chocar. Diz-nos o senhor, uma mulher vivida do socialismo, supõe-se, dado o desprezo que demonstra pelas virgens mercantis, como este vosso criado, que o Estado fez muito bem em utilizar a golden share, porque, façamos uma pausa para carregar energias, os outros também o fazem. É nesta altura que eu, além de virgem ofendida do mercado, me torno virgem ofendida da lógica. Justificar a acção de um agente com o facto de um outro agente ter acção similar é um manual de maus costumes do pensamento lógico. Simplificando, Nicolau Santos, como bom reguila do recreio, em vez de condenar más práticas de outros, prefere imitá-las. Imaginemos, num exercício de simples indução, que esta forma de pensar se alastrava às restantes áreas da governação, nomeadamente nos negócios estrangeiros. Poderíamos queimar bandeiras dos Emirados Árabes Unidos – se eles podem, nós também podemos. Passaríamos a chamar nomes a Presidentes de outros Estados – se o Chávez pode, nós também podemos. Passaríamos a quebrar os protocolos de defesa do ambiente e de não-proliferação nuclear – se a China e o Irão, respectivamente, podem, nós também podemos. E por aí fora. Com jeitinho, se todos os Estados, ao mesmo tempo, abraçassem a lógica de Nicolau Santos, acabaríamos a partilhar com os outros povos uma refrescante guerra mundial. Nada que preocupe o Nicolau Santos, que até era capaz de, na altura, vir defender os benefícios económicos da coisa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.