Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

A Douta Ignorância

Política, Economia, Literatura, Ciência, Actualidade

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Miguel Madeira 28.07.2010

    A minha teoria: o trabalho de um pianista (concertos, audições) é mais público do que o de um economista (fazer pesquisas num gabinete).

    Desta forma, as mulheres atraídas por economistas terão mais dificuldade em encontrar parceiros do que as mulheres atraidas por pianistas; o resultado é que as mulheres atraidas por economistas reproduzem-se menos do que as atraídas por pianistas, levando a um desaparecimento gradual de genes que induzam "atracção por economistas", em comparação a genes que induzam "atracção por pianistas".
  • Sem imagem de perfil

    PR 28.07.2010

    Miguel,

    Penso que a explicação não é viável, dado que:

    1. Duvido que haja alelos que codifiquem o fenótipo "atracção por economistas". As coisas nunca são assim tão simples.

    2. A selecção natural em humanos é fortemente influenciada pelo facto de os genes não serem os únicos replicadores. Os "memes" também actuam, o que torna o raciocínio um pouco mais complicado.

    3. Há efeitos de sentido contrário ao que aponta. Apesar de haver menor "exposição" pública de um economista, os economistas ganham tipicamente mais do que os músicos, o que lhes permite ajudar mais à sobrevivência da descendência. Há outros exemplos.

    4. Mesmo que haja um alelo a codificar a "atracção por economistas", basta que seja recessivo para que não desapareça no "pool" de genes. Como a fêmea não vai deixar de procriar apenas por não encontrar um macho (escolhe um "second best"), o alelo mantém-se latente.

    Mas acho que já estou a levar demasiado longe uma conversa que começou com um lamento meu por não conseguir arranjas parceira :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.